segunda-feira, maio 27, 2013

Tutorial Tilda Angel Seaside

Depois de uma maratona aqui está ela, a Tilda Angel Seaside, do livro Sommerliv - Spring booklet 2013. As fotos não estão bem, mas terminei o trabalho já muito tarde, não havia luz natural e o avançar da hora não me permitiu grandes produções. Depois tiro umas fotos melhores.




E o tutorial, como prometido.
Os materiais de que vamos precisar:
- Tecido para o corpo;
- Tecido para o vestido;
- Tecido para o casaco;
- Tecido para as botas (usei feltro);
- Lã para o cabelo;
- Botões para o casaco;
- Linha de bordar para os cordões das botas;
- Enchimento (não está na foto).


Costuramos o tecido das pernas ao tecido das botas.


Depois passamos os moldes do corpo para os tecidos.



De seguida costuramos a toda a volta deixando as aberturas habituais indicadas nos moldes a tracejado. Depois de costurados é só cortar o excesso deixando uma pequena margem e dar uns cortes nas zonas curvas.



Viramos do direito e passamos a ferro.



Colocamos o enchimento e unimos os braços ao tronco, bem como as pernas.





Podem costurar as pernas ao tronco na máquina de costura ou à mão.



Com o corpo pronto, passamos à roupa. Copiamos o molde do vestido para o tecido e cortamos, acrescentando uma pequena margem para as costuras laterais. As costuras do pescoço e dos braços já estão contemplados nos moldes (aqueles traços no topo que mais parecem o telhado de uma casa, ahahah). Tenham atenção que nos moldes o vestido vem em duas partes, têm que as unir para obter o vestido completo.



Costuramos as bainhas do pescoço e braços. Podemos marcar com o ferro de engomar para ser mais fácil costurar.



Depois é só costurar a cerca de 2 ou 3 mm da margem. De seguida costuramos as laterais, cortamos o excesso de tecido e fazemos a bainha do vestido. E já está pronto. Vira-se do direito e passa-se a ferro.



Vamos fazer o casaco.
Atenção: Vou ser muito sincera, não tenho ideia se é assim que se faz o casaco. Tive muita dificuldade nesta etapa. As instruções estão em norueguês, não entendo um "caroço" do que lá está escrito. Não sou costureira, não faço roupa, por isso não tenho a menor ideia de como se faz. Assim sendo já sabem, sintam-se à vontade para fazer como acharem melhor. Já agora, se descobrirem uma forma mais fácil digam-me, sim?

Devem cortar o molde desta forma:



Depois passem-no para o tecido. Ficamos com as duas metades da parte da frente do casaco.



Na parte exterior do tecido (para onde apontam as setas) vou fazer ponto ziguezague para que não desfie, uma vez que não vou fazer bainha.





Depois dobramos aquela parte exterior, colocando direito com direito e costuramos a parte de cima (espaço indicado pelas setas).



Depois de costurado, cortamos o excesso e damos uns pequenos cortes nas partes curvas para não repuxar o tecido. Viramos do direito, dobramos a parte de fora para dentro e este é o resultado.



Passamos o molde da parte de trás do vestido e cortamos deixando uma pequena margem para as costuras. Passamos também para o tecido o molde que parece um pequeno arco e que vai ficar junto ao pescoço da parte de trás do casaco, por dentro do mesmo.

Colocamos esse semi-arco direito com direito com as costas do casaco e costuramos a curva do pescoço (só a parte de cima). Cortamos o excesso deixando uma pequena margem e não esqueçamos de dar uns cortes nas partes curvas. 



Quando virarem aquele semi-circulo para a parte de dentro este é o aspecto com que vai ficar.



Vamos unir a parte de trás do casaco à parte da frente costurando os ombros. Muita atenção, é aqui que a coisa se pode complicar e correr realmente mal (aconteceu-me e quase estraguei o casaco). Por isso vou tentar explicar o melhor possível.

Temos que agarrar nas pontas do semi-circulo que está costurado no pescoço da parte de trás do casaco e dobrá-las para dentro para evitar que fiquem costuradas aos ombros (eu fiz um alinhavo em cima das pontas para que elas não se movessem enquanto costurava).



Com a parte da frente do casaco também é preciso assegurar que a dobra do casaco fica para fora e não é costurada de forma errada nos ombros. Para isso viramos a dobra para fora (para perceberem a que me refiro, ao fazerem isso a parte da frente do casaco deverá ficar do direito, tal como o veremos quando estiver pronto, como quando o mostrei depois de explicar como costurar aquela parte que parecia estar a mais no molde) e colocamos direito com direito (parte da frente com a parte de trás do casaco), depois costuramos os ombros. Assim, ao virarem o casaco podem verificar que a parte da frente do casaco está correctamente costurada, com a dobra que fizemos no início e onde vamos mais tarde costurar os botões.


A seguir costurei o semi-circulo ao casaco, à mão, com pequenos pontos para que não se notasse e passei o ferro de engomar. Não me parece que o livro ensine a fazer assim, mas eu achei que era uma boa solução. De qualquer forma fico a pensar que uma alternativa para aquele semi-circulo era colá-lo ao casaco com entretela termocolante, sempre facilitava todo o processo.



Vamos unir as mangas ao casaco - sou só eu que não gosto de costurar mangas? Colocamos o casaco com o lado direito para baixo e juntamos as mangas, também com o direito para baixo, junto ao espaço para os braços. Podem segurar com alfinetes, mas nestes casos eu prefiro alinhavar. Normalmente, antes de juntar as mangas ao casaco faço a bainha da mangas.



Depois costuramos e cortamos o excesso de tecido. De seguida fazemos as tirinhas que vão em cima da manga do casaco, na extremidade. Cortei 2 tiras de tecido com aproximadamente 9 cm x 2,5 cm cada uma, dobrei ao meio (direito com direito) e costurei na parte mais larga.



Viramos do direito e passamos a ferro de forma a que a costura fique no centro da tira.



Depois colocamos a tira sobre o lado direito da manga, com a costura virada para baixo e fazemos um alinhavo para a manter no lugar.



De seguida dobramos o casaco alinhando as costuras das mangas e das laterais.



Costuramos as laterais, cortamos o excesso e viramos o casaco do direito. Nesta altura já podemos fazer a bainha do casaco.
Copiamos o molde do colarinho para o tecido, costuramos a toda a volta deixando a abertura onde indicado, cortamos o excesso de tecido e damos uns cortes nas partes curvas.




Viramos do direito, fechamos a abertura com pequenos pontos e passamos a ferro. Depois colocamos o colarinho junto ao casaco, pela parte de dentro e costuramos (eu costurei à mão) prendendo o colarinho ao casaco.



Agora é só dobrar as pontas do casaco (no topo) vincando com o ferro de engomar e coser os botões.


Faltam-nos as botas. Como eu fiz as botas em feltro bastou-me cortar duas tiras para colocar por cima da perna da boneca, no topo da bota. Se usarem tecido façam as tiras da mesma forma utilizada para fazer as tirinhas das mangas.



Depois foi só colocar no sítio e dar uns pontos na parte traseira da perna para as segurar no sítio.



Para fazer os cordões das botas comecei por marcar o local onde a linha de bordar iria passar. Podem usar um marcador, mas como no feltro é difícil usar esses materiais eu coloquei alfinetes.



Depois coloquei a agulha num dos lugares marcados pelos alfinetes no topo e fiz a agulha sair no lado oposto do último alfinete. Para isso usei uma agulha grande. Puxei a linha e deixei um bocado de fora para mais tarde poder dar um nó e um laço.



De seguida coloquei a agulha no buraco ao lado fazendo-a sair no buraco oposto e logo acima. 



Continuamos com este processo até chegar ao último buraco. Depois é só deixar mais um bocado de linha, acertar os tamanhos, dar um nó e um laço.



Para o cabelo da boneca, colocamos alfinetes desde o topo da cabeça até à zona da nuca, e um alfinete de cada lado à altura do que deveriam ser as orelhas, porque ela não tem, tadinha.


Depois atamos a ponta da lã num dos alfinetes do lado e vamos passando de um lado para o outro entrelaçando nos alfinetes, qualquer livro Tilda explica como fazer. No final damos uns pontos para segurar o cabelo no sítio, bem como nos coques que formámos nos lados da cabeça. Para fazer a franja é só dar uns pontinhos com lã na zona da testa. A lã que eu usei para a franja não era lisa, era a mesma do cabelo e por isso não ficou bem definida.



Falta-nos vestir a boneca. Colocamos o vestido na boneca e com uma linha fazemos um pequeno alinhavo mesmo em cima da costura do pescoço do vestido.



Depois puxamos a linha e franzimos o topo do vestido. De seguida damos uns pontinhos no pescoço para segurar o vestido no sítio. Fazemos o mesmo para a parte de trás do vestido.



Para os olhos, marcamos o local onde os queremos pintar. Eu uso dois alfinetes que me permitem verificar se estão onde quero e se estão alinhados.



Depois pintamos os olhos. Podemos usar uma caneta de tinta permanente ou tinta para tecido. Eu, desde que usei tinta no pinóquio, não quero outra coisa. Dá-me a sensação que com a tinta ficam melhor definidos. A caneta permanente tem tendência a esborratar um pouco, o que não acontece com a tinta. Passamos um pouco de blush na face e vestimos o casaco. E pronto, a nossa Tilda finalizada.



Qualquer dúvida é só perguntar. Terei muito gosto em esclarecer.
Tenham uma excelente semana :)

11 comentários:

Claudia G. disse...

Que linda!!! Opa tb quero uma, mas eu se fizer é a de casaquinho da malha!
Agora ando virada nas bricolices! O meu Altier já começa a ganhar forma, e agora andamos a pintar o quarto da nôno!
Miquinhas, que fazes com as Tildas depois de feitas? Ofereces, ficas com elas?
bjinhos

parabéns

miquinhas e cia disse...

Olá Cláudia
Eu também gosto muito da Tilda com o casaquinho de malha, infelizmente esse é o meu calcanhar de Aquiles, eu não sei fazer tricot. Tenho que ver se aprendo para concretizar esse projecto.
Com as minhas Tildas decoro a minha casa, outras ofereço.
Beijinhos

Claudia G. disse...

Olha tb não sei faço, mas ou aprendo à força, ou peço à minha mãe! :))
Aquilo q pediste, está atendido! ;)
bjs

Ilona disse...

Ooooohhhh, wunderschön. Thank you, for Post.
LG. Ilona

Quenia Ymenes disse...

Linda!!

Rita de Cassía disse...


Gostei muito do seu blog esta de parabéns!



Pesquisas relacionadas a molde:

Molde de casa para montar

Molde de caminhão betoneira

Molde de carro de bombeiro

Molde de avião triplano

Molde de avião de guerra

Molde de barco caravela

Molde de igreja

Molde do cristo redentor

Molde de carro de policia

Molde de caminhão de lixo

Molde de navio

Molde de trem locomotiva

Molde de ônibus

Molde de caminhão de obras


Anónimo disse...

Olá Cláudia!!
Ficou uma lindeza a sua Tilda!!!
Poxa, vc arrasou nas explicações, deu para entender muito bem, pode se considerar uma craque em casaco Tilda!!kkk
Cláudia, vc teria o molde para fornecer???
Amei este casaco!!!
Estou procurando na net mais não acho!!
Ficarei grata caso possa me fornece-lo.
Seu blog já esta nos meus favoritos, consultarei mais vez com toda certeza.
Aproveito para agradecer pela dedicação e gentileza em nos fornecer um PAP tão bem explicado.
Também sou costureira arteira, que quebra a cabeça, mas, no final dá tudo certo.
Parabéns, por sua iniciativa!!!
Abençoados trabalhos e vc!!
Abraço!!

Karla Barbosa - karlabarbosa@globo.com

Onedi Airoso da Silva disse...

Nunca vi uma pessoa tão fantástica. Parabéns. Que Deus te abençoe e te ilumine sempre.Nunca fiz Tilda mas vou fazer a minha primeira seguindo teus passos.Amo essas bonecas.Obrigada.Bjao
Onedijlle@yahoo.com.br

Onedi Airoso da Silva disse...

Nunca vi uma pessoa tão fantástica. Parabéns. Que Deus te abençoe e te ilumine sempre.Nunca fiz Tilda mas vou fazer a minha primeira seguindo teus passos.Amo essas bonecas.Obrigada.Bjao
Onedijlle@yahoo.com.br

Onedi Airoso da Silva disse...

Simplesmente fantástico teus trabalhos. Parabéns.

Lígia disse...

Boa tarde,

Gostaria muito de obter o molde desse vestido/casado da TIlda.
Poderia me indicar onde posse adquirir?
Grata,
Lígia